Blog OSU

OSU 40 anos: novo concerto especial de homenagem acontece na próxima quinta, 26

Apresentação integra série de encontros especiais

Em celebração aos seus 40 anos, a Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU) apresenta na próxima quinta-feira, 26 de maio, concerto em homenagem aos professores Esdras Rodrigues e Edmundo Hora, e ao compositor José Eduardo Gramani (in memoriam). A apresentação será gratuita e acontece no Auditório da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp (FCM) às 19h30.

Sob regência de Cinthia Alireti, maestrina da OSU, o concerto integra uma série de apresentações com convidados ilustres. Neste encontro, a Sinfônica recebe o violinista Esdras Rodrigues e o cravista Edmundo Hora, além da participação especial do flautista da OSU, Rogério Peruchi.

No programa, a apresentação se destaca pela execução do Concerto Brandeburguês n.5, de J. S. Bach, além do Concerto para violino de C. Guerra-Peixe, uma obra que mistura o folclórico e o clássico e conta com o solo do violinista Esdras Rodrigues e a participação especial de artistas regionais.

A apresentação será gratuita e acontece na próxima quinta-feira, 26 de maio, às 19h30 no Auditório da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp.

Serviço | OSU 40 anos
Homenagem a Esdras Rodrigues, Edmundo Hora e José Gramani (in memoriam)
Data e horário: quinta-feira, 26 de maio de 2022, às 19h30,
Local: Rua Albert Sabin, s/ nº. Cidade Universitária “Zeferino Vaz” CEP: 13083-894. Campinas, SP, Brasil.

Evento gratuito.


OSU 40 anos | confira fotos do concerto em homenagem aos profs. Eduardo Ostergren e Paulo Justi (in memoriam)

Na última quinta-feira, 12, a Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU) realizou no Auditório da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp (FCM) concerto em homenagem ao professor e maestro Eduardo Ostergren e o professor Paulo Justi (in memoriam).

A apresentação contou com o fagotista Fábio Cury, como solista, e regência do próprio maestro Ostergren, diretor artístico e regente da Sinfônica no início dos anos 2000. O concerto também contou com a participação de um grupo seleto de ex-alunos do professor Justi, em um Quarteto de fagotistas solistas.

No repertório, uma programação especial que incluia a abertura da ópera Don Giovanni e o Concerto para fagote, de W.A. Mozart, e a Sinfonia n. 103 “Rufar dos tambores”, de J. Haydn. A apresentação integra o calendário especial da Temporada 2022 da OSU, ano em que a Sinfônica celebra seus 40 anos.

Confira a seguir alguns momentos do encontro.


OSU 40 anos | homenagem ao professor Paulo Justi

Orquestra Sinfônica da Unicamp, 40 anos que se passaram num piscar de olhos. Quantas mudanças desde então! Muitos personagens fizeram parte dessa importante história dentre eles, nosso homenageado de hoje, o professor Paulo Justi.

Mas quem foi o Paulo? Me permitam a rápida, mas necessária explanação: dentre outros cargos, foi docente do Departamento de Música, fagotista da OSMC e Coordenador do NIDIC, núcleo germinal da OSU. Em 1998, ao assumir o cargo de coordenador do NIDIC, promoveu uma grande transformação nos dois grandes ramos do núcleo, a saber, Orquestra Sinfônica e Projeto Unibanda. Sob sua coordenação muitos projetos novos, tanto pedagógicos musicais, quanto artísticos foram criados, gerando um “boom” de cultura que em pouco tempo extravasaria os muros da Universidade e atingiria todo o âmbito da macro região metropolitana de Campinas. Essa era a função do novo NIDIC, promover e difundir a cultura e o ensino musical de maneira gratuita e de qualidade. E assim foi feito! Com a adesão e participação sempre democrática dos integrantes da orquestra nos diversos projetos, espalhou-se cultura de maneira ampla, geral e irrestrita! Nunca se tinha produzido tanto! Agora, cada integrante da orquestra da Unicamp era um potencial fomentador cultural. Foram tantos grupos musicais, bandas e orquestras formadas, que deixo aqui aos curiosos a tarefa de pesquisar. Ademais, houve também uma reaproximação importante do núcleo com o departamento de música da Unicamp.

Agora a orquestra também serviria de laboratório de ensino e pesquisa não apenas aos alunos regentes, mas também aos compositores e instrumentistas do curso de música. Os docentes do departamento foram convidados a participar da nova fase, e o professor Eduardo Ostergren, nosso também homenageado de hoje, prontamente aceitou ao chamado, iniciando assim felizes e longos anos de parceira com a OSU.

Mas, infelizmente, nada dura para sempre e há exatos 12 anos, Paulo precocemente nos deixou. Mas será que nos deixou realmente? Talvez não!

Seu legado invisível pode ser encontrado por toda a parte da OSU, estando presente nas estantes para partituras de madeira que ele mesmo ajudou a construir, nos diversos grupos até hoje existentes, e também nos ex-alunos, muitos hoje profissionais renomados, que passaram pelas salas do NIDIC e do Departamento de Música. Sua maneira de ser e de agir, deixou sua marca. Alguém sempre tem um bom “causo” do Paulo para contar.

O homem foi, mas a história fica e, se prestarmos atenção, é capaz de ainda podermos ouvir sua gargalhada fácil e sua fala sincera e bonachona por aí.

Obrigada por tudo Paulo, foi um privilégio ter você conosco!

Katia Kato

Homenagem enviada por Katia Kato, doutora em Música pela Universidade Estadual de Campinas onde desenvolveu a pesquisa “A Missa em Si menor de Johann Sebastian Bach: a Poética e o Trágico.”

Pela mesma instituição concluiu no ano de 2007 o mestrado com a dissertação “O Oboé e a Representação da Confiança nas Árias das Cantatas Sacras de J.S. Bach”.É bacharel em Música, com habilitação em oboé, também pela Universidade Estadual de Campinas. Atuou como professora convidada de História da Música Brasileira e Apreciação Musical na Graduação do curso de Música do Instituto de Artes da Unicamp. Atuou também durante dezesseis anos como oboísta da Orquestra Sinfônica da Unicamp, além de dar aulas de Oboé, Apreciação Musical e História da Música no projeto Unibanda (Nidic/Unicamp).De 2011 a 2017 atuou no curso de Licenciatura em Música da Faculdade Nazarena do Brasil, sendo responsável pelas matérias de História da Música, História da Música Brasileira, Estética da Música Ocidental.


Sinfônica da Unicamp realiza concerto em homenagem aos professores Eduardo Ostergren e Paulo Justi

Apresentação faz parte das comemorações dos 40 anos da Orquestra

Na próxima quinta-feira, 12 de maio, a Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU) realiza concerto especial em homenagem ao professor e maestro Eduardo Ostergren e ao professor Paulo Justi (in memoriam). A apresentação será gratuita e acontece no Auditório da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp (FCM) às 19h30.

O concerto, que faz parte da programação especial dos 40 anos da OSU, terá o fagotista Fábio Cury, como solista, e regência do próprio maestro Ostergren, diretor artístico e regente da Sinfônica no início dos anos 2000. A apresentação também contará com a participação de um grupo seleto de ex-alunos do professor Justi, em um Quarteto de fagotistas solistas.

No repertório, uma programação especial que inclui a abertura da ópera Don Giovanni e o Concerto para fagote, de W.A. Mozart, e a Sinfonia n. 103 “Rufar dos tambores”, de J. Haydn.

A apresentação será gratuita e acontece na próxima quinta-feira, 12 de maio, às 19h30 no Auditório da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp.

Serviço

Concerto OSU 40 anos | Homenagem aos professores Eduardo Ostergren e Paulo Justi
Data e horário: quinta-feira, 12 de maio de 2022, às 19h30,
Local: Rua Albert Sabin, s/ nº. Cidade Universitária “Zeferino Vaz” CEP: 13083-894. Campinas, SP, Brasil.

Evento gratuito.

PROGRAMA

Ensemble de fagotes

Sergey Prokofiev – Scherzo Humoristique, op.12 n. 9
Ivan Corilow – Três Peças Breves para Três Fagotes (1985) – Ivan Corilow
Marcos Valle (Ivan Corilow, arr.) – Samba de Verão
Fabiano Lozano – Bandinha da Roça

Fagotes: Fábio Cury, Francisco José Ferraz Amstalden,
Ricardo Aurélio de Oliveira, Ivan Corilow
Fagote/Contrafagote: Cíntia Aparecida Américo Bueno

W.A. Mozart
Abertura da ópera Don Giovanni

W.A. Mozart
Concerto para fagote, em si bemol in B-flat major, K.191/186e
I. Allegro
II. Andante ma Adagio
III. Rondo: tempo di menuetto

Fábio Cury, fagote

J. Haydn
Sinfonia n. 103, em mi bemol maior, Hob.I:103, “Rufar dos tambores”

Adagio – Allegro con spirito
Andante più tosto allegretto
Minuet – Trio
Finale. Allegro con spirito

Orquestra Sinfônica da Unicamp
Regência: Eduardo Ostergren

Confira o programa completo


Temporada 2022: Sinfônica da Unicamp divulga datas dos próximos concertos

O ano de 2022 marca os 40 anos de atividades da Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU). Recheada de apresentações especiais, a temporada 2022 da Sinfônica busca ofertar um grande número de atrações com diferentes repertórios e formatos.

Confira, a seguir, as datas dos próximos concertos. Todos os encontros são gratuitos, sem necessidade de inscrição ou aquisição prévia de ingressos.

Maio

  • 12.05 – Homenagem aos professores Paulo Justi e Eduardo Ortergren;
  • 26.05 – Homenagem aos professores Esdras Rodrigues (violino), Edmundo Hora (cravo) e ao compositor José Gramani.

Junho

  • 08 a 10.06 – Requiem de Mozart (Campinas e região);
  • 30.06 e 01.07 – Homenagem a Geraldo Jorge, com participação de membros da City Banda.

Julho

  • 13 a 16.07 – Ópera A Moreninha, de Ernst Mahle (Campinas e região).

Agosto

  • 18.08 – OSU 40 anos – Concerto Comemorativo Oficial.

Setembro

  • 15.09 – Homenagem ao professor Carlos Fiorini: OSU e Orquestra do Departamento de Música.

Outubro

  • 06 a 09.10 – Ópera As Bodas de Fígaro, de W. A. Mozart;
  • 26 e 27.10 -Semana da Música de Câmara.

Novembro

  • 10.11 – Encontro de Música Contemporânea OSU – homenagem aos profs. Fernando Hashimoto e Denise Garcia.

Dezembro

  • 15 e 16.12 – Concerto de Natal – homenagem ao prof. Angelo Fernandes.

Mais detalhes acerca dos locais e horários serão gradativamente divulgados próximos aos eventos. Programação sujeita a alterações.

 


Semana da Música de Câmara: confira fotos dos concertos

Entre os dias 27 e 28 de abril a Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU) realizou a Semana da Músico de Câmara, evento que contou com duas apresentações especiais que fazem parte das atividades comemorativas dos 40 anos da Sinfônica.

No primeiro dia, no Teatro de Arena, o Quinteto de metais da OSU e alunos da Escola Livre de música presentearam o público com um repertório que partia da renascença e ia até o popular brasileiro. O encontro contou com a regência do trombonista da OSU, João José Leite. Confira o programa de concerto aqui.

Já no segundo encontro o Quarteto de cordas da Sinfônica se uniu ao clarinete para trazer Mozart e Villa-Lobos, em uma noite especial no anfiteatro da ADUnicamp. Confira o programa de concerto aqui.

A segunda noite foi dedicada ao amigo e parceiro de Orquestra, José Broiz, que nos deixou na semana dos concertos. Broiz era montador oficial da Sinfônica.

A seguir você confere algumas imagens desses encontros marcantes.

Ensemble de metais e ELM, 27 de abril, Teatro de Arena

Quarteto de cordas e clarinete, 28 de abril, ADUnicamp


Nota de falecimento: José Broiz

Com profundo pesar a Orquestra Sinfônica da Unicamp e o Centro de Integração, Documentação e Difusão Cultural informam o falecimento de José Broiz.

Broiz atuou por mais de 32 anos junto à Sinfônica como nosso montador oficial. Em todas as apresentações seu trabalho sempre foi fundamental.

Nossos mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos.

Seu sepultamento será realizado hoje, 28 de abril de 2022, às 13h, no Cemitério dos Amarais.

Cemitério Parque Nossa Senhora Conceição (Amarais)
Endereço: Rua Sylvia da Silva Braga, s/nº. – Jd Sta. Monica.


Sinfônica da Unicamp traz Villa-Lobos e Mozart para seu repertório do próximo concerto

Evento gratuito contará com o quarteto de cordas e clarinete

A Orquestra Sinfônica da Unicamp realiza dia 28 de abril, quinta-feira, o segundo concerto da Semana de Música de Câmara. Neste encontro a OSU traz em seu repertório obras de Heitor Villa-Lobos e W. A. Mozart.

A primeira peça, de Villa-Lobos, aborda a reescrita, em 1946, do original produzido pelo compositor e maestro em 1915, originalmente sob o título Suíte de Quartetos de Corda: Suíte Graciosa e dedicado ao Quarteto de Friburgo. A reescrita adicionou três novos movimentos e foi renomeada para Quarteto de Cordas nº 1, com sua primeira apresentação pública no ano de sua revisão, apresentada pelo Quarteto Iacovino.

Já a segunda obra retrata o único quinteto de clarinete completo do compositor austríaco Mozart, uma de suas mais antigas e conhecidas peças. Também chamada de Quinteto Stadler, a peça foi escrita em 1789 para o clarinetista Anton Stadler, com sua estreia em dezembro do mesmo ano.

A apresentação gratuita será na Associação dos Docentes da Unicamp (ADUnicamp) e contará com o quarteto de cordas e o clarinetista da OSU. O concerto faz parte da programação especial dos 40 anos da OSU.

Serviço

Semana da Música de Câmara | Concerto Cordas (quarteto de cordas e clarinetista)
Data e horário: quinta-feira, 28 de abril de 2022, às 20h
Local: Associação dos Docentes da Unicamp ADUnicamp (ADUnicamp) – Av. Érico Veríssimo, 1479 – Cidade Universitária, Campinas – SP.

Evento gratuito.

PROGRAMA
Orquestra Sinfônica da Unicamp
Quarteto de cordas e clarinete

Quarteto de cordas nº 1
Villa-Lobos, H. (1887-1959)

“Cantilena” (Andante)
“Brincadeira” (Allegretto scherzando)
“Canto lírico” (Moderato)
“Cançoneta” (Andantino quasi allegretto)
“Melancolia” (Lento)
“Saltando como um Saci” (Allegro)

Quinteto para clarineta e quarteto de cordas, K. 581 em Lá maior
Mozart, W. A. (1756-1791)

1. Allegro
2. Larghetto
3. Menuetto – Trio O – Trio II
4. Allegretto con variazioni


Concerto gratuito reúne Sinfônica da Unicamp e alunos da Escola Livre de Música

Encontro marca a retomada das atividades presenciais da ELM

O Teatro de Arena da Unicamp irá receber no dia 27 de abril, quarta-feira, alunos da Escola Livre de Música (ELM) e os músicos da Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU) em um encontro especial da Semana da Música de Câmara, sob regência de João José Leite, trombonista da OSU. O evento marca a retomada das atividades presenciais da ELM e reforça a parceria entre as duas instituições.

O concerto torna-se um marco na relação entre a Escola e a Sinfônica, pois pela primeira vez alunos da ELM irão atuar diretamente junto aos músicos profissionais da Sinfônica em um evento oficial de temporada. Apesar de os alunos da ELM já terem formado uma banda interna em uma montagem de ópera executada pela OSU, essa será a primeira vez que irão se juntar aos metais da Sinfônica para apresentarem à comunidade um repertório variado, incluindo músicas renascentistas escritas originalmente para instrumentos de época, passando por trechos de sinfonia e ritmos brasileiros.

Para Fernando Hehl, trombonista da OSU e coordenador da Escola Livre de Música, esse será um “concerto histórico e muito emocionante”. “O primeiro de muitos”, afirma Hehl.

A apresentação será gratuita e acontece quarta-feira, dia 27 de abril às 19h no Teatro de Arena da Unicamp e faz parte da programação especial dos 40 anos da OSU.

Serviço

Semana da Música de Câmara | Concerto Metais (OSU e ELM)
Data e horário: quarta-feira, 27 de abril de 2022, às 19h
Local: Teatro de Arena, Unicamp – Rua Elis Regina – Cidade Universitária, Campinas – SP

Evento gratuito.

PROGRAMA

Escola Livre de Música e Quinteto de metais OSU
Regência: João José Leite

Susato Suite – Six Dances from “The Danserye”
Tylman Susato arr. John Iveson

1. La Mourisque
2. Bransle Quatre Bransles
3. Ronde
4. Basse Danse Bergeret
5. Ronde – Mon Amy
6. Pavane Battaille

Trumpet Tune and Air
Henry Purcell (arr. Elgar Howarth)

Brass Chorale, 2a Sinfonia
Gustav Mahler (adp. Fernando Hehl)

Manhã de Carnaval
Luiz Bonfá (arr. Hervé Jacoby)

Quatro Danças Brasileiras
Hudson Nogueira

1. Samba
2. Maxixe
3. Marcha-Rancho
4. Choro

Three Brass Cats
Chris Hazell

1. Mr. Jums
2. Black Sam
3. Borage

The Easy Winners
Scott Joplin (arr. John Iveson)


OSU realiza Semana da Música de Câmara com concertos de Metais e Cordas

Concertos fazem parte da programação especial de aniversário de 40 anos

Entre os dias 27 e 28 de abril acontece a Semana da Música de Câmara, evento composto por dois concertos especiais, Metais e Cordas. Os encontros, gratuitos, integram a programação especial em comemoração aos 40 anos da Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU).

Na quarta-feira, 27, a partir das 19h no Teatro de Arena da Unicamp, a OSU se une aos alunos da Escola Livre de Música (ELM) para um encontro que marca a retomada das atividades presenciais da ELM e reforça a parceria entre as duas instituições. O repertório variado traz músicas renascentistas escritas originalmente para instrumentos de época até trechos de sinfonia e ritmos brasileiros.

Sob regência de João José Leite, trombonista da OSU, o concerto torna-se um marco na relação entre a Escola e a Sinfônica, pois pela primeira vez alunos da ELM irão atuar diretamente junto aos músicos profissionais da Sinfônica em um evento oficial de temporada.

Na quinta-feira, 28, a ADUnicamp recebe a partir das 20h o quarteto de cordas e o clarinetista da OSU para um encontro que contará com obras de Heitor Villa-Lobos e W. A. Mozart em seu repertório.

Os eventos são gratuitos e integram a programação especial da Sinfônica em comemoração aos 40 anos de fundação.

Serviço

Semana da Música de Câmara OSU

27/04, quarta-feira, às 19h | Concerto Metais (OSU e ELM)
Local: Teatro de Arena, Unicamp – Rua Elis Regina – Cidade Universitária, Campinas – SP

28/04, quinta-feira, às 20h | Concerto Cordas (quarteto de cordas e clarinete)
Local: Associação dos Docentes da Unicamp ADUnicamp (ADUnicamp) – Av. Érico Veríssimo, 1479 – Cidade Universitária, Campinas – SP.

Evento gratuito.