Encontros OSU

A partir do dia 11 de agosto você tem um encontro marcado todas às quartas, às 19h, no canal do YouTube da OSU!

“Encontros OSU” é um programa semanal onde os músicos da OSU recebem seus convidados, oferecem workshops e compartilham discussões sobre temas importantes para o universo musical.

Encontros OSU – O spalla da OSU, Artur Huf conversa com Pablo de León, spalla da Orquestra Municipal de São Paulo

Cartaz encontros osu spallas Artur Huf Palbo de Léon

Uma conversa entre Spallas no próximo Encontros OSU

Nesta quarta, 22/09 às 19h, o spalla da Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU), Artur Huf, convida a todos para uma conversa com Pablo de León, spalla da Orquestra Municipal de São Paulo.
Hoje, ao vivo, no YouTube da OSU! Link: www.tiny.one/osu-pablo

Sobre Pablo de León

Natural de Cascais – Portugal, teve sua formação inicial no Brasil com a família Fukuda, Ayrton Pinto, e seu pai, Alejandro de León. Foi bolsista da Fundação Vitae para aperfeiçoamento em violino e música de câmara na classe do professor Chaim Taub, em Israel.
Como solista tem se apresentado frente a importantes orquestras sob a regência de maestros como John Neschling, Leon Spierer, Ira Levin, Alex Klein, Jamil Maluf, Júlio Medaglia, José Maria Florêncio, Roberto Minczuk, Osvaldo Ferreira, entre outros. Como camerista tem se apresentado junto a músicos como Jean-Louis Steuermann, Sônia Rubisnky, Nelson Ayres, Emmanuel Strosser, Roy Shiloach, Isabelle van Keullen, Hagai Shaham, Guy Braunstein, Reiner Küchl e Regis Pasquier, incluindo apresentações para a CNN e a BBC de Londres.

Desde 2003, sob a regência do maestro Valery Gergiev, é o único violinista brasileiro a fazer parte da World Orchestra for Peace. Fundada por Sir Georg Solti e composta por spallas das principais orquestras do mundo, apresentando-se nas principais salas de Moscou, São Petersburgo, Beijing, Londres, Berlim, Amsterdã, Bruxelas, Budapeste, Jerusalém, Cracóvia, Estocolmo, Abu Dhabi, Nova Iorque e Chicago. Destaque para a turnê de 2012, onde atuou como spalla no Carnegie Hall em Nova Iorque e no Symphony Hall em Chicago.

Como professor de violino, ministrou aulas em diversos festivais, como o Festival Eleazar de Carvalho em Fortaleza, o Festival Internacional de Campos do Jordão, o Festival Internacional de Verão de Brasília, entre outros. Pablo com sua sonoridade, musicalidade e técnica impressionou Sherry Kloss (ex-aluna do Heiftez) o qual o comparou com o refinado violinista Franco Gulli, sendo então convidado  para tocar um recital e  dar master classes (aulas) em 2014 no Yascha Heifetz Symposium of Individual Style (New London- Estados Unidos).
Atuou como  spalla da Orquestra Sinfônica Brasileira da Cidade do Rio de Janeiro de 2008 a 2014 e desde o ano 2000 ocupa o cargo de spalla da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo.


Encontros OSU – “Clarinete: um panorama histórico” – com Eduardo Freitas

Nesta quarta-feira, 15 de setembro, o clarinetista da Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU), Eduardo Freitas, irá conversar ao vivo com vocês sobre o tema “Clarinete: um panorama histórico”. Não percam!

Natural de São Paulo, Eduardo Freitas iniciou seus estudos na ULM atual EMESP no ano 2000, com o Profº Daniel Cornejo, em 2006 ingressou no curso de Bacharelado em Clarinete da Universidade Estadual Paulista (UNESP) tendo como Orientador o Profº Sérgio Burgani. Participou de vários festivais, entre eles, Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, Oficina de Música de Curitiba e Oficina de Música de Tatuí,participando também de vários MasterClass com renomados artistas, como François Sauzeau, Olivier Patey, Wenzel Fuchs, Ralph Mano, Ovanir Buosi, Cristiano Alves, Luis Eugênio (Montanha).

Participou em 2011 como músico convidado na gravação da Sinfonia Nº 4 de Villa Lobos com a OSESP, também como musico convidado na Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas e Bachiana Filarmônica SESI.

Atuou como Solista com a Banda Sinfônica do Exercito Brasileiro, Banda Sinfônica do Estado de São Paulo e Orquestra Sinfônica da UNICAMP. Trabalhou com diversos grandes Maestros, dentre eles,Abel Rocha, Isaac Karabtchevsky, LazloMarosi, Benito Juarez, Dario Sotelo, Osvaldo Ferreira, Roberto Tibiriçá, Yan Pascal Tortelier e Knut Andreas.

Foi integrante da Banda Sinfônica do Exército Brasileiro, da Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo, Banda Sinfônica de Cubatão, Orquestra Sinfônica Jovem de Guarulhos, Orquestra Sinfônica de São José dos Campos e Banda Sinfônica do Estado de São Paulo. Atualmente é Clarinetista da Orquestra Sinfônica da UNICAMP, Orquestra Rock, Artista Marca Reeds (França), e também atua como Professor em aulas e MasterClass em diversas Cidades e Estados do Brasil.

Sobre a série “Encontros OSU”
“Encontros OSU” é um programa semanal onde os músicos da OSU recebem seus convidados, oferecem workshops e compartilham discussões sobre temas importantes para o universo musical.


Encontros OSU – Artur Huf (OSU) entrevista o spalla Emerson Kretschmer (OSPA)

Flyer da entrevista spalla Emerson Kretschmer (OSPA)

Nesta quarta-feira, 08 de setembro, Artur Huf, spalla da OSU, recebe AO VIVO o spalla Emerson Kretschmer, da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA)

Sobre o spalla Emerson Kretschmer

Graduou-se pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) nas classes dos professores Hella Frank e Marcello Guerchfeld, teve aulas com o violinista Fernando Hasaj em Montevidéu e especializou-se na Internationale Sommerakademie Mozarteum em Salzburgo (Áustria).

Tem atuado como solista em várias orquestras, entre elas a própria Ospa, a de Câmara da Ulbra, a da Unisinos e a Sinfônica de Caxias do Sul. Participou das gravações de vários CDs, bem como das trilhas sonoras dos filmes “Concerto Campestre” e “Sal de Prata”. Realizou turnê pela Europa como integrante da Orquestra de Câmara Solistas de Salzburgo, participando de um registro fonográfico na Alemanha.

Em 2006, em turnê pela Argentina, recebeu nota máxima do crítico Héctor Coda, que escreveu no jornal La Nación: “(…) Com um arco seguro e com um som maravilhoso, o solista desempenhou uma performance ao nível dos grandes solistas”. No mesmo ano, ganhou o concurso para spalla da Ospa. Ocupa também o posto de spalla da Orquestra de Câmara da Ulbra.

Sobre a série “Encontros OSU”

“Encontros OSU” é um programa semanal onde os músicos da OSU recebem seus convidados, oferecem workshops e compartilham discussões sobre temas importantes para o universo musical.


Encontros OSU – Cinthia Alireti entrevista o maestro Miguel Campos Neto

Cartaz Encontros OSU Entrevista Miguel Campos Neto

Neste episódio da série “Encontros OSU” Cinthia Alireti, maestrina da OSU, recebe o maestro Miguel Campos Neto, regente titular da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (Belém – Pará).

Sobre o maestro Miguel Campos Neto

Mestre em regência orquestral pela Mannes School of Music de Nova York, Campos Neto iniciou em 2021 a sua décima primeira temporada como regente titular da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz. Também atua como regente titular da Orquestra Sinfônica Altino Pimenta (Universidade Federal do Pará) e da Orquestra Sinfônica Wilson Fonseca (Santarém).

Campos Neto foi também recentemente nomeado “Regente Laureado” da Chelsea Symphony, uma orquestra baseada em Nova York da qual ele foi co-fundador e regente principal pelas 5 primeiras temporadas.

Como convidado ele já regeu orquestras nacionais e internacionais como: Orquestra Nacional de Avignon (França), Orquestra Sinfônica de Puerto Rico, O. S. de Mulhouse (França), Savaria Symphony (Hungria), Dana Point Symphony (EUA), Orquestra Ciudad de Alcalá (Espanha), bem como as orquestras de Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Amazonas, do Theatro São Pedro (SP), do Teatro Nacional (Brasília), de Minas Gerais, Heliópolis (SP), Experimental de Repertório (SP), Municipal de Campinas e Sinfônica da UNICAMP. Em 2020 teve sua estreia como regente de ópera em palcos internacionais com Cavalleria Rusticana e Pagliacci na “Opera Grand Avignon” (França).

Sobre a série “Encontros OSU”

“Encontros OSU” é um programa semanal onde os músicos da OSU recebem seus convidados, oferecem workshops e compartilham discussões sobre temas importantes para o universo musical.

Acompanhe a série no canal do YouTube da OSU

https://www.youtube.com/channel/UCxTwgSlcMefKJCJPF2_fwqQ


Encontros OSU – Adonhiran Reis

Encontros OSU - Adonhiran Reis

Nesta quarta, 18 de agosto, às 19h, você tem novo encontro com a OSU!

Neste novo episódio da série Encontros OSU, a violinista Ivenise Nitchepurenco recebe, ao vivo, o professor de violino Adonhiran Reis, da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

A transmissão será ao vivo no canal da OSU no YouTube https://tiny.one/osu-reis

Sobre o convidado Adonhiran Reis

Professor de violino na UNICAMP, Adonhiran Reis iniciou-se no instrumento com Marie Christine Springuel e Paulo Bosisio, estudando posteriormente em Paris como bolsista da Fundação Vitae. Apresenta-se regularmente nos principais palcos e festivais do Brasil, e em países como França, Alemanha e Tunísia, ao lado de artistas como Antonio Meneses, Bruno Giuranna e Hagai Shaham. Entre os anos de 2018 e 2020 foi professor de violino da UFMG. Em paralelo à docência, também é membro do Quarteto Carlos Gomes, com o qual lançou três discos pelo Selo SESC, apresentando obras de Nepomuceno, Levy, Gomes, Velásquez (prêmio Bravo! de melhor disco erudito do ano de 2018), além de um disco com Guinga. O Quarteto Carlos Gomes também mantém desde 2017 uma parceria com a Editora da Osesp, com a edição de partituras de obras brasileiras para a formação. Em 2019 publicou um livro sobre a prática de quartetos de cordas, e atualmente lidera um grupo de pesquisa no CNPq intitulado Grupo de Estudos da Performance de Instrumentos de Cordas – GEPInC.